Geral

Vendedor é fuzilado com sete tiros em Pedro Juan

Um homem que segundo a esposa, seria vendedor de salgados, foi executado na tarde de ontem, por volta das 18h30min, no centro de Pedro Juan Caballero (Paraguai). Luís Heraldo Ortiz, de 42 anos, foi morto com sete tiros de pistolas calibre 9 milímetros no cruzamento das Ruas Natalício Talavera e Carlos Dominguez. Os autores do […]

Arquivo Publicado em 11/09/2010, às 10h16

None

Um homem que segundo a esposa, seria vendedor de salgados, foi executado na tarde de ontem, por volta das 18h30min, no centro de Pedro Juan Caballero (Paraguai). Luís Heraldo Ortiz, de 42 anos, foi morto com sete tiros de pistolas calibre 9 milímetros no cruzamento das Ruas Natalício Talavera e Carlos Dominguez. Os autores do crime foram dois elementos que estavam em uma motocicleta.


A vítima regressava para sua residência quando foi interceptada pelos pistoleiros. Segundo a esposa da vítima, os criminosos foram à residência procurando por Luís Heraldo e ela informou que ele havia acabado de sair para ir ao mercado. A dupla saiu à procura do vendedor, localizando-o quando regressava para casa. A vítima não teve chance de defesa e morreu na hora.


Logo após o crime, policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) se deslocavam para o local do crime, quando viram um homem correndo na rua com uma arma na mão. Imediatamente fizeram a prisão de Enrique Rodrigo Muñós, 31 anos, que portava um revólver Rossi, cano médio reforçado, calibre 38, com cinco munições intactas e uma deflagrada.


Muñós negou participação no crime, mas confessou que havia furtado a arma do vendedor assassinado. “Vi que ele estava morto e que estava armado; peguei o revólver dele”, afirmou. O suspeito foi colocado à disposição da Fiscalia (Ministério Público), e deverá ser autuado por furto. O motivo e autoria do crime estão sendo apurados por policiais da Chefatura de Investigações.


FUGA


A polícia paraguaia investiga informações de populares de que na hora de fugir, os pistoleiros não teriam conseguido funcionar a motocicleta na qual estavam. Eles teriam abandonado o veículo e em seguida teriam tomado de assalto outra moto, de uma mulher que passava nas imediações, com a qual desapareceram sem serem identificados.

Jornal Midiamax