Geral

Último do grid, Massa diz que Cingapura não lhe dá sorte

Felipe Massa teve um sábado para esquecer em Cingapura. O piloto da Ferrari mal pôde participar do treino de classificação para a corrida no circuito de Marina Bay. Um problema na caixa de câmbio logo na volta de aquecimento no Q1 obrigou-o a parar o carro no meio da pista e o impediu de continuar […]

Arquivo Publicado em 25/09/2010, às 17h23

None

Felipe Massa teve um sábado para esquecer em Cingapura. O piloto da Ferrari mal pôde participar do treino de classificação para a corrida no circuito de Marina Bay. Um problema na caixa de câmbio logo na volta de aquecimento no Q1 obrigou-o a parar o carro no meio da pista e o impediu de continuar a sessão. Com isso, ele largará da 24.ª e última posição.




A frustração ficou ainda mais amarga porque seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso, conquistou sua segunda pole position consecutiva. “Estou muito desapontado, claro, porque hoje nós tivemos um carro muito competitivo, como Fernando provou”, lamentou o brasileiro, que revelou que aproveitará o fato de largar em último para trocar de motor.



Massa não tem boas recordações de Cingapura. Em 2008, ele liderava a corrida quando um mecânico da Ferrari se atrapalhou com a mangueira de reabastecimento e o tirou da briga pela vitória. Lewis Hamilton ganhou a etapa e ficou em situação mais confortável para conquistar o título no Brasil. “Eu gosto dessa pista, mas parece que não me traz muita sorte”, resignou-se Massa. Em 2009, ele não participou da etapa porque estava de licença médica devido ao acidente sofrido na Hungria.



Restou ao ferrarista a expectativa de uma corrida de recuperação neste domingo. “Espero um dia muito complicado, especialmente porque estamos em uma pista onde as ultrapassagens são muito difíceis. Mas a é verdade que qualquer coisa pode acontecer sempre: chuva, safety car… Quem sabe?”

Jornal Midiamax