Geral

Tatiana Ujacow, do PV, pede a juiz-prefeito revogação da Lei das Queimadas em Dourados

A advogada Tatiana Azambuja Ujacow, militante do PV douradende e candidata a vice-governadora de Zeca do PT pela coligação “A Força do Povo”, esteve reunida com o juiz Eduardo Machado Rocha, que acabou de ser empossado prefeito de Dourados. Ela pediu a revogação da chamada Lei das Queimadas. O Projeto de Lei ampliou o prazo das […]

Arquivo Publicado em 04/09/2010, às 14h32

None

A advogada Tatiana Azambuja Ujacow, militante do PV douradende e candidata a vice-governadora de Zeca do PT pela coligação “A Força do Povo”, esteve reunida com o juiz Eduardo Machado Rocha, que acabou de ser empossado prefeito de Dourados. Ela pediu a revogação da chamada Lei das Queimadas.


O Projeto de Lei ampliou o prazo das queimadas da cana-de-açúcar em Dourados até dezembro.


Na época, chegou a ser cogitada a suspeita de que a aprovação da lei havia sido comprada por um empresário de Dourados. O secretário de governo da prefeitura, Eleandro Passaia, que ajudou a PF na gravação de vídeos que resultaram na prisão do prefeito Ari Artuzi, cinco secretários municipais e 9 dos 12 vereadores da cidade, confirmou a suspeita.


A Lei das Queimadas foi aprovada em março deste ano sem muito alarde pela Câmara Municipal e foi apresentada pelo vereador Paulo Henrique Bambu, que ampliou o prazo das queimadas. O vencimento do prazo foi no final do ano passado e desde então as usinas eram obrigadas a implantar um sistema mecanizado.


Segundo Tatiana Azambuja Ujacow, a necessidade de revogação imediata da Lei envolve não somente o aspecto moral, já que há indícios fortes de manipulação do processo de votação na Câmara, como também por causa dos danos causados ao ambiente e à população de Dourados.

Jornal Midiamax