Geral

Senai aplica prova em MS para cursos técnicos de nível médio e superior

O Senai realizou neste domingo (31/01) nas unidades de Campo Grande, Corumbá, Deodápolis, Dourados, Naviraí, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia, Nova Andradina, Sonora e Três Lagoas o exame do processo seletivo unificado para preencher 1.025 vagas em dez cursos de educação profissional técnica de nível médio e 40 vagas no curso superior de Gestão […]

Arquivo Publicado em 31/01/2010, às 14h07

None

O Senai realizou neste domingo (31/01) nas unidades de Campo Grande, Corumbá, Deodápolis, Dourados, Naviraí, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia, Nova Andradina, Sonora e Três Lagoas o exame do processo seletivo unificado para preencher 1.025 vagas em dez cursos de educação profissional técnica de nível médio e 40 vagas no curso superior de Gestão de Tecnologia em Processos Industriais. O gabarito das provas será divulgado ainda neste domingo no portal da Fiems (www.fiems.org.br).

Já na próxima quinta-feira (04/02) será divulgada, também no site da Fiems, a lista com os nomes dos aprovados, sendo que ela também será afixada nas unidades operacionais do Senai. Quem for aprovado em primeira chamada deverá efetuar a matrícula nos dias 8 e 9 de fevereiro e em segunda chamada de 10 a 12, as aulas começam no dia 18 de fevereiro.

Com o processo seletivo o Senai dá continuidade à trajetória de excelência na formação de técnicos, contribuindo para a inserção de profissionais qualificados no mercado de trabalho e atendendo à demanda do setor industrial. Segundo o gerente de Educação e Desenvolvimento Tecnológico do Senai, Jesner Escandolhero, no caso do curso superior de Gestão de Tecnologia em Processos Industriais, trata-se da segunda turma.

“Os profissionais dessa área podem atuar nas empresas nas funções de gerência de suprimentos, gerência da qualidade, gerência de planejamento estratégico, gerência de processos produtivos, gerência de custos, gerência de planejamento, programação e controle de produção e também como empreendedores”, informou Jesner Escandolhero, reforçando a importância da qualificação profissional. “Esse é o diferencial que abre as portas para uma vida com mais qualidade e produtividade”, incentivou.

Ele destacou que o Senai possui um programa de formação em diferentes modalidades, desde a aprendizagem industrial, passando pelo técnico de nível médio até chegar ao superior. “Isso sem contar os cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional, desta forma o aluno pode buscar formação em diversos níveis no mesmo segmento profissional, o que representa oportunidades de melhoria em sua carreira”, analisou.

No caso dos cursos de educação profissional técnica de nível médio, em Campo Grande foram oferecidas vagas nos cursos de alimentos, automação industrial, mecânica, segurança do trabalho e vestuário, enquanto em Corumbá estão disponíveis os cursos de mecânica, química e segurança do trabalho. Já em Deodápolis tem os cursos de eletrotécnica e segurança do trabalho e, em Dourados, são os cursos de açúcar e álcool, automação industrial, eletrotécnica, química, segurança do trabalho e vestuário.

Em Naviraí, os cursos são de mecânica e segurança do trabalho e, em Nova Andradina, está disponível o curso de mecânica, enquanto em Rio Verde tem o curso de segurança do trabalho e, em Sidrolândia, há os cursos de alimentos e de açúcar e álcool, sendo que em Três Lagoas estão disponíveis os cursos de edificações, eletrônica, química, segurança do trabalho e vestuário.

Provas

Em todo o Estado as provas tiveram início às 8 horas, sendo que na Capital elas foram realizadas na FatecSenai e uma hora antes do início os candidatos já aguardavam a abertura dos portões. Tayane Rodrigues, 18 anos, fez a prova para técnico de segurança do trabalho. “Eu acredito que esta é uma área com muito campo, que sempre precisa de gente com qualificação por isso quero estudar e conhecer melhor”, disse.

Já pensando em uma melhor colocação dentro da empresa que trabalha, Matheus Emanuel Spinoza, 20 anos, que é inspetor de controle de qualidade em um frigorífico, também quer freqüentar as aulas do curso de segurança do trabalho. “Quero adquirir conhecimento para conseguir ter uma melhor ocupação na mesma empresa. Estudei para a prova e estou otimista de que vou conseguir a aprovação”, declarou.

O gerente da FatecSenai Campo Grande, Artur Quintella, reforçou a preocupação do Senai em incentivar o desenvolvimento da carreira profissional. “O Senai tem essa preocupação de incentivar o desenvolvimento do trabalhador dentro da empresa, para que ele desenvolva a carreira profissional, oferecemos diferentes modalidades de educação profissional e o curso superior de Gestão de Tecnologia em Processos Industriais, para que o aluno que concluir o curso possa desenvolver a carreira em ocupações de gestão”, disse.

Jornal Midiamax