Geral

PSDB teme candidatura de Eduardo Rocha a deputado estadual

Se concorrer a deputado estadual em outubro, o marido da prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), Eduardo Rocha, pode criar complicações eleitorais com outros candidatos da coligação do governador André Puccinelli (PMDB). Simone foi indicada para vice-governadora na chapa de André. Por isso, a entrada de Rocha na disputa por uma cadeira na Assembleia […]

Arquivo Publicado em 25/03/2010, às 16h08

None

Se concorrer a deputado estadual em outubro, o marido da prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), Eduardo Rocha, pode criar complicações eleitorais com outros candidatos da coligação do governador André Puccinelli (PMDB). Simone foi indicada para vice-governadora na chapa de André. Por isso, a entrada de Rocha na disputa por uma cadeira na Assembleia é vista como uma “concorrência desleal”.

A avaliação foi feita hoje pela senadora Marisa Serrano (PSDB). “Não que alguém tenha reclamado. É uma ilação minha. Mas, assim ficaria difícil”, aponta a senadora. Marisa faz parte do BDR (Bloco Democrático Reformista) que estuda fechar aliança com André nas eleições de 2010. Cabe registra que o primo de Marisa, ex-subsecretário Márcio Monteiro, é candidato a uma vaga na Assemleia Legislativa. Sobre o primo, a senador não comentou.

Nos bastidores da política, esta dificuldade já era discutida, mas hoje, pela primeira vez, uma liderança importante trouxe o fato à tona. Espera-se que Rocha recue da candidatura agora que Simone foi confirmada na vaga de vice de André.

Simone Tebet, por sua vez, desconversou quando questionada sobre o assunto. “Não posso falar sobre algo que eu nem sei se vai acontecer. Até agora ninguém no partido discutiu as candidaturas proporcionais. Nem eu tenho autorização para falar sobre os candidatos do partido”, disse Simone ao final da reunião com o governador André Puccinelli e empresários da Votorantim na governadoria agora há pouco.

Jornal Midiamax