Geral

PMA prende homem por pescar durante a piracema e com arma

Policiais Militares Ambientais de Corumbá, em fiscalização no rio Paraguai, na região conhecida como Domingos Ramos, a cerca de 70 km da cidade de Corumbá, prenderam ontem à tarde, o pescador profissional Jesuel da Silva, 30 anos, residente em Corumbá. Jesuel pescava em período de piracema, utilizando redes de pesca e tarrafas (petrechos proibidos) e […]

Arquivo Publicado em 18/12/2010, às 18h01

None

Policiais Militares Ambientais de Corumbá, em fiscalização no rio Paraguai, na região conhecida como Domingos Ramos, a cerca de 70 km da cidade de Corumbá, prenderam ontem à tarde, o pescador profissional Jesuel da Silva, 30 anos, residente em Corumbá.

Jesuel pescava em período de piracema, utilizando redes de pesca e tarrafas (petrechos proibidos) e ainda, estava com uma arma de caça. Com o pescador foram apreendidas 02 redes de pesca, 04 tarrafas e 01 espingarda calibre 22, com 6 munições.

Os policiais suspeitam que além da prática de pesca predatória, o elemento ainda iria praticar caça na região. Felizmente a fiscalização o prendeu antes que houvesse abatido algum animal, ou capturado pescado, visto o grande poder de captura dos petrechos de pesca que ele portava. Jesuel recebeu voz de prisão por crime de pesca predatória e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Corumbá, onde foi autuado em flagrante e foi liberado após pagamento de fiança.

O homem responderá ao processo em liberdade e, se condenado, poderá pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. Ele ainda responderá por crime de porte ilegal de arma, que prevê pena de 02 a 04 anos de reclusão. O pescador também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.200,00 por pesca predatória.

Jornal Midiamax