Geral

PMA fiscaliza o Rio Aquidauana para combater pesca predatória

A Polícia Militar Ambiental (PMA) está realizando desde sexta-feira (24) uma operação de combate a pesca predatória no Rio Aquidauana. A operação visa o monitoramento de um cardume de “curimbatás” que está subindo o rio Aquidauana. Durante o fim de semana, equipes da PMA realizaram uma barreira policial na rodovia MS-080 e também uma operação […]

Arquivo Publicado em 20/09/2010, às 18h45

None

A Polícia Militar Ambiental (PMA) está realizando desde sexta-feira (24) uma operação de combate a pesca predatória no Rio Aquidauana. A operação visa o monitoramento de um cardume de “curimbatás” que está subindo o rio Aquidauana. Durante o fim de semana, equipes da PMA realizaram uma barreira policial na rodovia MS-080 e também uma operação fluvial.


Uma pessoa foi detida por pescar sem licença em um trecho do Rio Aquidauana. Com o pescador, os policiais apreenderam dois molinetes. Por ser uma infração administrativa, o pescador foi multado em R$ 1 mil.


Durante a operação, os policiais recolheram duas redes de pesca e cortaram 35 anzóis de galho, que estavam armados no rio. Os proprietários dos objetos não foram encontrados. Os policiais orientaram diversos pescadores sobre a legislação de pesca. Outro fato que chamou a atenção dos policiais foi o alto número de pescadores embarcados que não utilizavam coletes salva-vidas. A PMA orientou a todos sobre os riscos da não utilização do equipamento, em casos de acidentes.

Jornal Midiamax