Geral

PM emite nota sobre idoso que teria morrido ao ver PM abordar filho

A assessoria de imprensa da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul emitiu uma nota de esclarecimento sobre a morte de um idoso, neste domingo. Segundo notícia veiculada em alguns veículos de comunicação, Francisco das Chagas Nascimento, 60 anos, teria sofrido um taque do coração ao ver o filho ser abordado por uma guarnição da […]

Arquivo Publicado em 25/10/2010, às 20h22

None

A assessoria de imprensa da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul emitiu uma nota de esclarecimento sobre a morte de um idoso, neste domingo. Segundo notícia veiculada em alguns veículos de comunicação, Francisco das Chagas Nascimento, 60 anos, teria sofrido um taque do coração ao ver o filho ser abordado por uma guarnição da PM.

Confira o teor da nota de esclarecimento: “

Em virtude da veiculação em alguns órgãos de imprensa sobre o falecimento de uma pessoa em decorrência de ataque cardíaco no município de Coxim-MS, fato ocorrido na data de ontem (24), o Comando Geral da Policia Militar esclarece que, apesar do lamentável fato, a abordagem policial realizada pelos Policiais Militares do 5º BPM a um cidadão que conduzia uma motocicleta na contra mão de direção, nada tem a ver com o trágico acontecimento, tendo em vista que durante a abordagem policial foram adotadas as técnicas cabíveis que o caso requeria, não sendo aplicados excessos ou constrangimentos desnecessários à pessoa abordada.

Que refuta a matéria, que de forma sutil, tenta atribuir o mal-súbito sofrido pela pessoa falecida à abordagem realizada por integrantes do 5º BPM de Coxim-MS, fato este que não representa a verdade.

Mais uma vez a Policia Militar reafirma seu compromisso de bem servir o cidadão de bem do nosso Estado e de trabalhar incansavelmente para proporcionar segurança e tranquilidade para todos.”

Veja abaixo notícia relacionada sobre o caso.

Jornal Midiamax