Geral

Opção do PT para vice de Murilo responde processo por improbidade administrativa

Com a desistência de João Grandão e Erminio Guedes em postular a indicação do PT para compor a chapa de Murilo Zauiht (DEM) na vaga de vice-prefeito, restou ao vice-governador como única opção a ex-diretora do Hospital Universitário, Dinaci Vieira Marques Ranzi. Dinaci, a despeito de ser a simpatia do grupo de Murilo tem contra si […]

Arquivo Publicado em 29/12/2010, às 18h35

None

Com a desistência de João Grandão e Erminio Guedes em postular a indicação do PT para compor a chapa de Murilo Zauiht (DEM) na vaga de vice-prefeito, restou ao vice-governador como única opção a ex-diretora do Hospital Universitário, Dinaci Vieira Marques Ranzi.

Dinaci, a despeito de ser a simpatia do grupo de Murilo tem contra si problemas com o Tribunal de Contas do Estado, além de responder a uma ação de dano ao erário publico e por improbidade administrativa. Dinaci é ligada ao grupo do senador Delcídio do Amaral e do ex-prefeito Laerte Tetila, da qual participou como colaboradora no primeiro escalão.

A única pré-candidata a vice-prefeita que apoia a tese de coligação do PT com o DEM (Democratas) de Murilo está respondendo na justiça uma ação impetrada pelo Ministério Público Estadual por dano ao erário e por violação aos princípios administrativos.

Este processo, que tramita na terceira vara cível no fórum de Dourados com o número 0010784-74.2010.8.12.0002, pode ser consultado por qualquer pessoa no site do Tribunal de Justiça através do endereço eletrônico www.tjms.jus.br 

Dinaci tem também implicações administrativas em decorrência do exercício de cargo público. As informações estão disponíveis no site do Tribunal de Contas do Estado (www.tce.ms.gov.br).

Na noite desta quinta-feira, na Câmara Municipal de Dourados, 152 delegados participaram do Encontro Municipal do PT para discutir a participação do partido nas eleições em Douraods. Há duas correntes.

A primeira defende candidatura própria e a segunda prega a aliança com o DEM, com a condição de indicar o candidato a vice-prefeito na chapa de Murilo Zauith.

Apenas o vereador Elias Ishy se inscreveu como pré-candidato a prefeito. Cinco pré-candidatos a vice de Ishy também se inscreveram. Apenas Dinaci manteve sua pré-candidatura a vice de Murilo caso prospere a tese de coligação com o DEM. Resta saber se suas restrições jurídicas serão aceitas por Zauith, que tem defendido nomes limpos para compor sua chapa.

Jornal Midiamax