Geral

Murilo anuncia candidatura na presença de Nelsinho e Edil em Dourados

O vice-governador Murilo Zauith oficializou hoje, em Dourados, sua pré-candidatura ao senado, pelo DEM, na coligação liderada pelo PMDB, do governador Puccinelli. O evento ocorre no auditório da Associação Comercial de Dourados, que está lotado. A estrela da festa é o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho. Seu vice, Edil Albuquerque, vai concorrer como suplente […]

Arquivo Publicado em 24/06/2010, às 19h59

None

O vice-governador Murilo Zauith oficializou hoje, em Dourados, sua pré-candidatura ao senado, pelo DEM, na coligação liderada pelo PMDB, do governador Puccinelli.

O evento ocorre no auditório da Associação Comercial de Dourados, que está lotado. A estrela da festa é o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho. Seu vice, Edil Albuquerque, vai concorrer como suplente na chapa de Zauith.

Como demonstração de força, o prefeito Nelsinho veio a Dourados  acompanhado de 14 vereadores de Campo Grande, além de Edil.

Na comitiva da Capital chamava a atenção a presença do empresário Antonio João Hugo Rodrigues, que é suplente do senador Delcídio nesta legislatura. Antonio João fez duras críticas ao encaminhamento que costurou a aliança do PTB com o PMDB.

Murilo disputará uma das duas vagas ao Senado. Terá como concorrentes o senador Delcidio Amaral (PT), que tenta a reeleição, e os deputados federais Dagoberto Nogueira (PDT) e Waldemir Moka (PMDB).

O governador Puccinelli não compareceu. Recentemente, o governador perdeu o apoio político do senador Valter Pereira (PMDB), que denunciou a participação oculta do governador em favor do deputado Waldemir Moka nas prévias do PMDB, durante o processo que definiu o candidato do partido ao senado.

O prefeito de Dourados, Ari Artuzi, que há um ano esteve presente no lançamento do movimento “um senador por Dourados”, também não apareceu.

Sobre a ausência de Artuzi, o vice-governador declarou que apoio e voto não se nega.

Jornal Midiamax