Geral

Marisa põe em dúvida confirmação de Simone à vice de André

Liderança do BDR (Bloco Democrático Reformista), a senadora Marisa Serrano (PSDB) disse, nesta manhã, ao participar de evento na Assembleia Legislativa que a indicação da prefeita de Três Lagoas Simone Tebet (PMDB) para vaga de vice na chapa do governador André Puccinelli (PMDB) não é definitiva. “Até junho, quando ocorrerão as convenções muita coisa pode […]

Arquivo Publicado em 25/03/2010, às 16h20

None

Liderança do BDR (Bloco Democrático Reformista), a senadora Marisa Serrano (PSDB) disse, nesta manhã, ao participar de evento na Assembleia Legislativa que a indicação da prefeita de Três Lagoas Simone Tebet (PMDB) para vaga de vice na chapa do governador André Puccinelli (PMDB) não é definitiva. “Até junho, quando ocorrerão as convenções muita coisa pode acontecer”, disse a senadora durante entrevista coletiva.

A vaga de vice poderia ser ocupada pelo BDR caso a candidatura de Murilo ao Senado não vingasse. Hoje à tarde lideranças do BDR se reúnem com o vice-governador para conhecer a decisão final dele.

Simone Tebet, por sua vez, disse agora há pouco após reunião com André Puccinelli e empresários da Votorantim na governadoria que vê sua indicação à vaga como definitiva. “O governador formalizou o pedido ontem em Três Lagoas. Não posso falar pelos outros partidos, mas para o PMDB está já é uma questão sacramentada”, mencionou.

Marisa mencionou ainda que o fato do marido de Simone, Eduardo Rocha (PMDB), ser cotado para concorrer a deputado estadual gera um complicador eleitoral no grupo. Uma vez que a presença de Simone na chapa de André tornaria a disputa desleal.

Simone fugiu do assunto. “Não posso falar sobre algo que eu nem sei se vai acontecer. Até agora ninguém no partido discutiu as candidaturas proporcionais. Nem eu tenho autorização para falar sobre os candidatos do partido”, disse ainda durante entrevista coletiva na governadoria agora há pouco.

Jornal Midiamax