Geral

Mantega defende salário mínimo de R$ 540

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta terça-feira (28) que, apesar de ainda haver possibilidade de negociação sobre o reajuste do salário mínimo em 2011, se depender dele o novo mínimo será mesmo de R$ 540. O ministro afirmou ainda que esse valor foi o acertado dentro do governo como o melhor para ajudar […]

Arquivo Publicado em 28/12/2010, às 16h06

None

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta terça-feira (28) que, apesar de ainda haver possibilidade de negociação sobre o reajuste do salário mínimo em 2011, se depender dele o novo mínimo será mesmo de R$ 540.

O ministro afirmou ainda que esse valor foi o acertado dentro do governo como o melhor para ajudar a manter os gastos e, principalmente, evitar um rombo nas contas da Previdência. O ministro falou com jornalistas na entrada do Ministério da Fazenda, em Brasília.

A despeito dos boatos que circulam na Esplanada dos Ministérios, o ministro descartou ainda mudar a presidência do Banco do Brasil (BB).

– Aldemir Bendine está firme e sólido no cargo. Ainda não estamos tratando dessa questão.

Segundo ele, não deve ocorrer por hora qualquer anúncio sobre mudanças nas presidências dos bancos públicos.

Jornal Midiamax