Geral

Mano e Muricy desafiam tabus no clássico Corinthians x Palmeiras

Os técnicos do Corinthians, Mano Menezes, e do Palmeiras, Muricy Ramalho, desafiam tabus pessoais no clássico entre as duas equipes, marcado para este domingo, às 17h (horário de Brasília), no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista-2010. Nenhum dos dois técnicos até agora conseguiu vencer este clássico por suas atuais equipes. O treinador corintiano, que assumiu o clube […]

Arquivo Publicado em 31/01/2010, às 13h56

None

Os técnicos do Corinthians, Mano Menezes, e do Palmeiras, Muricy Ramalho, desafiam tabus pessoais no clássico entre as duas equipes, marcado para este domingo, às 17h (horário de Brasília), no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista-2010. Nenhum dos dois técnicos até agora conseguiu vencer este clássico por suas atuais equipes.


O treinador corintiano, que assumiu o clube no início de 2008 com a missão de levar o time alvinegro de volta à Série A do Brasileiro, disputou quatro clássicos pelo Corinthians contra o Palmeias, com dois empates e duas derrotas. O Palmeiras é o único dos rivais corintianos que Mano ainda não venceu.


No total, Mano está há seis jogos sem vencer o Palmeiras, já que sua última vitória sobre o time alviverde foi no Campeonato Brasileiro de 2006, quando comandava o Grêmio –triunfo por 2 a 1 no estádio Olímpico, pelo Campeonato Brasileiro.


Além dos quatro jogos pelo Corinthians entre 2008 e 2009, Mano ficou duas partidas sem vencer o Palmeiras em 2007, quando comandava o time gaúcho (um empate e uma derrota).


Muricy Ramalho, que assumiu o time alviverde em julho de 2009, não venceu o único clássico que fez contra o Corinthians, no ano passado –empate por 2 a 2 no Campeonato Brasileiro. O treinador, no entanto, não sabe o que é vencer o Corinthians desde 2007, quando ainda comandava o São Paulo –3 a 1, no Campeonato Paulista.


Desde então, Muricy comandou o São Paulo em seis jogos contra o Corinthians e não venceu nenhum –três empates e três derrotas. No total, Muricy não vence um jogo contra o time alvinegro há sete partidas.


No confronto direto entre os dois treinadores, Muricy leva pequena vantagem. Em 11 jogos, foram quatro vitórias para ele contra três de Mano, além de quatro empates.


“Há períodos em que um clube leva vantagem sobre o outro. O confronto direto é importante, mas o mais importante é conquistar o campeonato. E no último Paulistão nós fomos bem e ficamos com o título”, disse Mano Menezes.

Jornal Midiamax