O Ministério da Saúde informou que até as 18h deste sábado, 18,31 milhões de pessoas já haviam tomado a vacina contra a influenza A (H1N1) –gripe suína– desde o início da campanha no dia 8 de março. O ministério realizou hoje o Dia Nacional de Vacinação contra a doença, destinado exclusivamente a jovens de 20 a 29 anos, gestantes, pacientes crônicos com menos de 60 anos e crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

O resultado foi considerado satisfatório, com destaque para o bom desempenho obtido em São Paulo, onde somente hoje foram vacinadas 1 milhão de pessoas.

Nos últimos três dias, a procura pela vacina cresceu de maneira expressiva, de acordo com o ministério. Até a última quinta-feira (8), cerca de 10 milhões de pessoas haviam tomado a vacina desde o início da campanha. Em três dias, este número saltou para mais de 18 milhões.

Para tomar a vacina, o cidadão deve levar documento de identidade e carteira de vacinação (os que tiverem). Em caso de dúvida sobre calendário e locais de vacinação, a população pode buscar informação nos sites da prefeitura e do Ministério da Saúde ou ligar para o Telessaúde: 3523-4025.

De 24 de abril a 7 de maio será a vez dos idosos participarem da campanha. A quinta e última etapa de vacinação, para adultos de 30 a 39 anos, será de 10 a 21 de maio. Essa faixa etária concentrou 15% dos casos de doença respiratória grave e 22% dos óbitos causados pelo vírus Influenza H1N1 em 2009.

Ao todo, o Ministério da Saúde adquiriu 113 milhões de doses para vacinar 91 milhões de pessoas contra gripe pandêmica. A partir da semana que vem, os laboratórios particulares já poderão comercializar a vacina, segundo informou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Ele garantiu que serão tomadas todas as medidas necessárias para que todos os grupos vulneráveis sejam imunizados.

Dia D

O governo promoveu neste sábado o “Dia Nacional de Vacinação Contra a Gripe H1N1”, apelidado de “Dia D”. Deveriam estar abertos todos os 36 mil postos de vacinação do país. Os horários foram estipulados pelas secretarias municipais e estaduais.

Para marcar a abertura do “Dia D”, Temporão levou três dos quatro filhos — José Eduardo, 25, Fernando, 27, e Guilherme, 29– para se vacinarem em um posto de saúde, na Rocinha, no Rio de Janeiro.

Participantes do programa “Big Brother Brasil 10” Cadu, 25, Lia, 29, e Ana Marcela, 25, também tomaram a vacina no local, para dar o exemplo ao grupo prioritário de 20 a 29 anos.

O ministro Temporão afirmou que a imunização é segura e importante. “A vacina é muito segura e não tivemos relato de nenhuma complicação importante”. De acordo com ele, em 2009, foram 2 mil casos de morte pela gripe e este ano foram 50, sendo 32% de mulheres grávidas. “A mulher, em qualquer fase da gravidez, deve tomar a vacina”, afirmou o ministro.

Temporão também alertou para a circulação de boatos sobre a segurança da vacina, principalmente na internet. “Informações desse tipo são um disparate e revelam profunda ignorância. A população deve confiar no seu médico e nas autoridades de saúde, não em qualquer texto, escrito não se sabe por quem, que circula na rede mundial de computadores”, disse o ministro.