Geral

Lula chega a hospital em São Paulo para realizar check-up

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou às 7h55 deste sábado (30) ao Instituto do Coração, em São Paulo, para realizar um check-up. O presidente realizará um ecocardiograma para função dos músculos do coração, tomografia das artérias cardíacas, ultrassonografia do abdome e da próstata, teste de função pulmonar e exames de sangue e urina, […]

Arquivo Publicado em 30/01/2010, às 12h18

None

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou às 7h55 deste sábado (30) ao Instituto do Coração, em São Paulo, para realizar um check-up. O presidente realizará um ecocardiograma para função dos músculos do coração, tomografia das artérias cardíacas, ultrassonografia do abdome e da próstata, teste de função pulmonar e exames de sangue e urina, segundo a assessoria do hospital. Lula sofreu uma crise de hipertensão quando cumpria compromissos de agenda em Recife na última quarta-feira (27) e chegou a ser levado para exames a um hospital de Recife.


O presidente chegou ao Incor em um helicóptero e não foi visto pela imprensa. A assessoria da Presidência confirmou que ele estava na aeronave, que pousou em um heliponto ao lado do hospital. Lula então se deslocou para o Incor e entrou pelo subsolo, às 8h05. Cinco minutos depois, o presidente já começava a realizar exames.


 Segundo a assessoria da Presidência, não há previsão de quanto tempo irá durar o check-up. A previsão é de que Lula retorne para Brasília após a avaliação médica. Desde quinta-feira, o presidente descansa em sua casa em São Bernardo do Campo, sem agenda oficial. No seu retorno a Brasília, o presidente deve manter a rotina dos últimos dois dias: descanso embalado por sessões de filmes. Lula deve retomar sua agenda de trabalho na segunda-feira (1º).


 Devido à crise de hipertensão, o presidente deixou de viajar para o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, onde receberia um prêmio nesta sexta-feira. Ele foi representado na cerimônia pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.


O problema de saúde do presidente motivou uma ligação do assessor nacional de segurança do governo dos Estados Unidos, general Jim Jones, para o assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, nesta sexta-feira, para obter informações sobre o estado de Lula.

Jornal Midiamax