Geral

José Serra apela para que eleitores votem antes de viajar

O candidato José Serra (PSDB) passou por Campinas e fez um apelo para que os eleitores “não deixem de votar, é muito importante, para decidir o futuro do Brasil, que rumo tomar”, disse em uma tumultuada conversa com jornalistas. Serra chegou com uma hora de atraso e participou por cerca de 30 minutos de uma […]

Arquivo Publicado em 23/10/2010, às 21h44

None

O candidato José Serra (PSDB) passou por Campinas e fez um apelo para que os eleitores “não deixem de votar, é muito importante, para decidir o futuro do Brasil, que rumo tomar”, disse em uma tumultuada conversa com jornalistas. Serra chegou com uma hora de atraso e participou por cerca de 30 minutos de uma caminhada pela avenida Suaçuna, no região do Ouro Verde, um dos reduto do PT em Campinas.

“Eu faço um apelo para que troquem um feriado por um feliz ano novo em função da uma escolha que vai decidir o futuro do Brasil”, falou. Ontem, o vice de Serra, Índio da Costa (DEM), fez o mesmo apelo em passagem por Campo Grande. Veja na notícia relacionada.

Respondendo uma pergunta, Serra classificou o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do atual governo, como “uma sopa de pedras, o principal problema é que não aconteceu nada, não acelerou nada”, comentou, para depois reclamar dos resultados dos institutos de pesquisas.

Cercado por eleitores, cabos, deputados eleitos, prefeitos e jornalistas, Serra disse que quem está “puxando a campanha para baixo é o PT, a campanha da Dilma”, ao responder a uma pergunta sobre o nível que a campanha eleitoral vem tomando nos últimos dias.

Sobre a ampliação do Aeroporto Internacional de Viracopos, que interessa tanto à cidade e é uma das bandeiras do governo Lula, Serra disse ser favorável a uma concessão para a implementação das obras necessárias no local. “O governo federal não se mexeu”. Conforme ele, Viracopos e Cumbica, em Guarulhos, poderão se tornar os maiores e mais importantes aeroportos paulistas. “Pode até surgir um novo, mas isso seria lá para a frente.

Jornal Midiamax