Geral

Homem é baleado e morre ao defender a esposa em Ponta Porã

Luís Juliano Barbosa, de 30 anos, foi baleado na noite dessa sexta-feira (22), ao tentar defender a esposa, que estava sendo agredida pelo próprio irmão, Eurico Barbosa Florenciano. A vítima levou dois tiros – no peito e na barriga – e morreu quando recebia atendimento médico no hospital regional. Policiais militares foram chamados no hospital […]

Arquivo Publicado em 23/10/2010, às 19h12

None

Luís Juliano Barbosa, de 30 anos, foi baleado na noite dessa sexta-feira (22), ao tentar defender a esposa, que estava sendo agredida pelo próprio irmão, Eurico Barbosa Florenciano. A vítima levou dois tiros – no peito e na barriga – e morreu quando recebia atendimento médico no hospital regional.

Policiais militares foram chamados no hospital para registrar um caso de tentativa de homicídio, pois a vítima havia dado entrada baleada na unidade hospitalar. Contudo, quando a polícia chegou foi informada de que a vítima não havia resistido aos ferimentos recebidos e foi a óbito.

Pelo que a PM apurou, Juliano teria chegado à sua residência, situada à Rua Panamá, no Residencial Ponta Porã, próximo ao Mercado Sol e se deparado com seu cunhado discutindo com a irmã, Jucilene Barbosa, 30 anos, mulher de Juliano. Ele interferiu em defesa da esposa e os dois acabaram entrando em vias de fatos.

Em determinado momento, Eurico Florenciano teria sacado uma pistola e desferido dois tiros contra Juliano, que foi atingido no tórax e na barriga. A vítima chegou a ser socorrida pelos familiares e levada ao hospital, mas não resistiu. Agentes do SIG (Serviço de Investigações Gerais) procuram o autor do crime, que está foragido.

Jornal Midiamax