Geral

Homem confunde comércio com “prostíbulo” e causa transtornos

F. P. S., de 46 anos, e J. B. S., de 37, registraram boletim de ocorrência na noite de hoje (15) informando que, enquanto fechavam seu estabelecimento comercial em Dourados, J. R. E., em visível estado de embriaguês, chutou a porta e queria entrar pois lá seria um “prostíbulo”. J. B. S. não permitiu a […]

Arquivo Publicado em 16/12/2010, às 01h03

None

F. P. S., de 46 anos, e J. B. S., de 37, registraram boletim de ocorrência na noite de hoje (15) informando que, enquanto fechavam seu estabelecimento comercial em Dourados, J. R. E., em visível estado de embriaguês, chutou a porta e queria entrar pois lá seria um “prostíbulo”.


J. B. S. não permitiu a entrada do “boêmio” e chamou a polícia. Quando os policias chegaram ao local, o homem manteve sua versão, dizendo que dentro do local haviam “mulheres nuas a sua espera”, e não se retirou.


Os policiais encaminharam o homem à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC) sem lesões aparentes.

Jornal Midiamax