Geral

Hemosul necessita com urgência de doadores de sangue

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul (Hemosul) está necessitando com urgência de doadores de todo tipo de sangue. Segundo a assessora de comunicação do Hemosul, Mayra Franceschi, o Centro também necessita de sangue para fazer plaquetas. “As plaquetas duram somente cinco dias. O estoque de todas as tipagens sanguíneas está […]

Arquivo Publicado em 20/12/2010, às 12h06

None

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul (Hemosul) está necessitando com urgência de doadores de todo tipo de sangue. Segundo a assessora de comunicação do Hemosul, Mayra Franceschi, o Centro também necessita de sangue para fazer plaquetas. “As plaquetas duram somente cinco dias.

O estoque de todas as tipagens sanguíneas está baixo”, disse a assessora, ao informar que nas últimas semanas o número de doadores de sangue caiu 80%.

Mayra explica que um dos motivos da ausência de doadores de sangue nesta época é devido às realizações das festas de fim de ano, e também o consumo de bebidas alcoólicas. “Nesta época os doadores somem. E também ocorrem muitos acidentes de trânsito. E a procura dos hospitais por bolsas de sangue é grande”.

O Hemosul já realizou campanhas para a doação de sangue em diversos municípios do Estado, dentre eles Coxim e Nova Andradina, – município que atende a distribuição sanguínea de toda a região que também abrange os municípios de Anaurilândia, Angélica, Batayporã, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul e Taquarussu.

Para fazer a doação, os voluntários precisam ter idade entre 18 e 65 anos, mais de 50 quilos, estar bem de saúde, bem alimentado, não ter ingerido álcool nas últimas 12 horas e estar portando algum documento de identidade com foto (RG, Carteira de Trabalho ou Carteira de Habilitação).

Em Campo Grande, o Hemosul está localizado na avenida Fernando Corrêa da Costa, 1.304.

Jornal Midiamax