Geral

Fluminense vacila no fim e perde de virada para o Atlético-GO

Foram dois dias de turbulência no Fluminense. De discussão pública entre o atacante Fred e o coordenador médico Michael Simoni, que pediu demissão. De clima tenso no vestiário das Laranjeiras entre o goleiro titular Fernando Henrique e o reserva Rafael. Não dá para dizer que a crise entrou em campo, já que o time não […]

Arquivo Publicado em 11/09/2010, às 23h59

None

Foram dois dias de turbulência no Fluminense. De discussão pública entre o atacante Fred e o coordenador médico Michael Simoni, que pediu demissão. De clima tenso no vestiário das Laranjeiras entre o goleiro titular Fernando Henrique e o reserva Rafael. Não dá para dizer que a crise entrou em campo, já que o time não jogou mal, mas a vitória não veio. Neste sábado, o líder do Brasileirão foi derrotado pelo Atlético-GO, no Serra Dourada, de virada, por 2 a 1, na 21ª rodada. O resultado mantém os cariocas com 41 pontos, três a mais que o Corinthians, derrotado pelo Grêmio no Pacaembu.


O Dragão ganha fôlego e assume o 17º lugar, com 20 pontos. Continua ameaçado pelo rebaixamento, mas está a três do Flamengo, primeiro fora do Z-4.


As duas equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira. O Fluminense enfrenta o Corinthians, no Engenhão, às 22h. Líder e vice-líder farão um jogo com cara de decisão. O Atlético-GO será visitante na 22ª rodada. Enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, às 19h30m.

Jornal Midiamax