Geral

Errata: Projeto criado para captar recurso federal não favoreceria índios de cidade sem aldeia

Reportagem produzida nesta manhã, por este repórter, errou o nome de uma cidade e citou de maneira equivocada o envolvimento de uma comunidade indígena numa suspeita de fraude na captação de recurso federal. O material diz que um projeto encaminhado ao Ministério do Meio Ambiente quis favorecer índios caiuá que tocaria na cidade de Jaraguari um projeto ligado […]

Arquivo Publicado em 12/07/2010, às 19h52

None

Reportagem produzida nesta manhã, por este repórter, errou o nome de uma cidade e citou de maneira equivocada o envolvimento de uma comunidade indígena numa suspeita de fraude na captação de recurso federal.

O material diz que um projeto encaminhado ao Ministério do Meio Ambiente quis favorecer índios caiuá que tocaria na cidade de Jaraguari um projeto ligado à produção de mandioca.

A reportagem cita que o município de Jaraguari nunca foi habitado por índios, um fato. Ocorre que, ao invés de Jaraguari, o projeto seria tocado numa aldeia conhecida como Jaguari, região onde vivem índios caiuás, no município de Amambai.


Pelo projeto, a ideia custaria quase R$ 50 mil, mas o recurso foi negado pelo Ministério do Meio Ambiente que considerou o plano falho entre outras coisas porque “os insumos solicitados [no projeto] não configuram uma produção artesanal”.


Jornal Midiamax