Geral

Domingo Cultural acontece na Feira Central

A segunda edição do mês de outubro do projeto Domingo Cultural na Feira Central terá como atração principal a cantora e compositora Lenilde Ramos e o repentista Ruberval Cunha. O evento, realizado sempre às 19 horas na Feira Central de Campo Grande nos últimos domingos de cada mês é uma parceria entre a Fundação Municipal […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 16h35

None

A segunda edição do mês de outubro do projeto Domingo Cultural na Feira Central terá como atração principal a cantora e compositora Lenilde Ramos e o repentista Ruberval Cunha.

O evento, realizado sempre às 19 horas na Feira Central de Campo Grande nos últimos domingos de cada mês é uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e a Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande (Afecetur).

O objetivo principal é levar apresentações gratuitas de música, poesia, teatro e dança à Feira Central, aumentando assim o acesso da população. Para Roberto Figueiredo, diretor presidente da Fundac “levar talentos de nossa terra a um local com fluxo tão grande de pessoas, faz com que a Fundac cumpra um dos seus papéis mais importantes: garantir o acesso às mais diversas manifestações culturais”.

Lenilde Ramos é uma artista reconhecida no cenário musical campo grandense. Começou tocar sanfona aos sete anos de idade, influenciada por seu pai pernambucano. Ainda durante a adolescência começou a compor e, desde então faz parte de um movimento cultural que faz surgir uma nova linguagem inspirada nas raízes populares na influência da fronteira paraguaia. Entre as atividades mais marcantes em seu trabalho é a execução do Hino Nacional Brasileiro e o Hino de Mato Grosso do Sul na sanfona.

Já o poeta e repentista Ruberval Cunha, que escreve desde os oito anos de idade é vencedor de inúmeros concursos de literatura e se destaca com o chamado “improviso guaicuru”. Seu trabalho agrega técnicas do teatro, do repente, da música e do discurso poético. Em suas apresentações, o poeta utiliza um figurino especial com rosto pintado e elementos de Mato Grosso do Sul como berrante e chapéu de palha. No entanto, o mais interessante é o fato das pessoas poderem participar: Ruberval elabora suas poesias utilizando diversas palavras propostas pelo público.

Serviço – A Feira Central de Campo Grande fica na Avenida 14 de Julho 3551. As apresentações são gratuitas e têm início às 19 horas.

Jornal Midiamax