Geral

Deputado diz que presidência do PP interessa para “união e não contenda”

O deputado estadual eleito Alcides Bernal (PP) disse há pouco ao Midiamax que a intenção de assumir a presidência do partido Progressista é para “unificar e preparar o partido para as eleições municipais de 2012”, garantiu. Ele explicou que não quer contendas e sim unificar os progressistas. “Não queremos excluir ninguém, muito menos o Antonio […]

Arquivo Publicado em 30/10/2010, às 23h56

None

O deputado estadual eleito Alcides Bernal (PP) disse há pouco ao Midiamax que a intenção de assumir a presidência do partido Progressista é para “unificar e preparar o partido para as eleições municipais de 2012”, garantiu.

Ele explicou que não quer contendas e sim unificar os progressistas. “Não queremos excluir ninguém, muito menos o Antonio Cruz (deputado federal não reeleito) o qual tenho muita admiração e respeito. Mas acredito que temos chances de melhorar nosso quadro de vereadores eleitos e ampliar nossa participação”, afirmou.

Bernal, que foi o vereador mais votado da Capital em 2008, se elegeu deputado estadual nas eleições deste ano e almeja que o quadro de pepistas com cargo eletivo seja maior. “Temos que no mínimo sair com candidatos a vereadores em todos os municípios e ampliar nosso partido regionalmente”.

Sobre uma possível rusga, Bernal garante que Antonio Cruz já conversou informalmente com ele sobre o assunto e que Cruz sempre terá lugar de honra no PP. “Assim como o Lula não é presidente do PT, mas é um presidente de honra pelo histórico, o Cruz tem essa função. Ele é um dirigente com histórico, mas acredito que eu posso contribuir muito como presidente partidário aqui em MS”, finalizou.

Jornal Midiamax