Geral

Contribuintes usam o 13º salário para quitar débitos com a Prefeitura de Campo Grande

O Programa Meta 3 segue até dia 22; neste final de semana acontece o plantão para os contribuintes que querem regularizar débitos municipais

Arquivo Publicado em 18/12/2010, às 13h12

None

O Programa Meta 3 segue até dia 22; neste final de semana acontece o plantão para os contribuintes que querem regularizar débitos municipais

O plantão do Programa Meta 3 para atender cidadãos que desejam regularizar débitos ajuizados junto a Prefeitura de Campo Grande, e passar o fim do ano com o “Nome Limpo, começou às 7h30 deste sábado (18), e vai até as 17h, na Rua Arthur Jorge, n° 500. Para receber as dívidas, a expectativa dos organizadores é quanto ao 13º salário deste final de ano.

Benevides de Oliveira, de 53 anos, aposentado, acompanhava uma amiga que foi ao local para regularizar sua situação. Segundo ele, a mulher usava o 13º para quitar débitos de um terreno que já estava na justiça. Em prazos anteriores ela não teve dinheiro e com o depósito do benefício resolveu limpar seu nome.

O movimento no local é tranquilo, sem aglomeração de pessoas. De acordo com os atendentes, o tempo de espera é inferior a cinco minutos.

A expectativa da Prefeitura é de que sejam pagas 32,5 mil dívidas ajuizadas da Capital. Os débitos que forem pagos até dia 22, terá desconto de 100% nos juros de mora e, em alguns casos, também receberá desconto de até metade no valor principal.

As pessoas que não puderem comparecer neste final de semana podem procurar o atendimento até quarta-feira (22). O programa oferece regularização de tributos relacionados ao fisco municipal, incluindo o IPTU. Outra novidade é a possibilidade de regularizar débitos não-ajuizados, evitando futura inadimplência.

O programa é um convênio da administração municipal com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS), celebrado por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O plantão continua até amanhã (19), das 7h às 17h. Mais informações podem ser obtidas nos telefones 156 ou 3314-4334.

Jornal Midiamax