Geral

Conselho do Corinthians aprova estádio por aclamação

Na noite desta quinta-feira, no Parque São Jorge, o Conselho Deliberativo do Corinthians aprovou, por unanimidade, a construção do estádio do clube, em Itaquera, pela construtora Odebretch. A oficialização do acordo dá o aval para o início das obras, que devem ser concluídas entre o fim de 2012 e o início de 2013. Os 215 […]

Arquivo Publicado em 17/09/2010, às 00h26

None

Na noite desta quinta-feira, no Parque São Jorge, o Conselho Deliberativo do Corinthians aprovou, por unanimidade, a construção do estádio do clube, em Itaquera, pela construtora Odebretch. A oficialização do acordo dá o aval para o início das obras, que devem ser concluídas entre o fim de 2012 e o início de 2013.


Os 215 conselheiros que compareceram à reunião aplaudiram e aclamaram o projeto apresentado e fizeram a alegria do presidente Andrés Sanchez. Ninguém se opôs à questão. O mandatário, que comemorou a decisão cantando o hino do clube, exaltou o feito conquistado em sua gestão.


“Esse estádio é uma coisa para o resto das nossas vidas. É maior do que qualquer rivalidade política. É para nossos netos e bisnetos”, declarou Sanchez.


Segundo o projeto da Odebrecht, a arena alvinegra terá capacidade para cerca de 48 mil pessoas, o que não corresponde aos 60 mil lugares exigidos pela Fifa para a realização da abertura da Copa do Mundo de 2014.


Dessa forma, caso queira sediar o jogo inaugural do Mundial, o Corinthians poderá optar pela construção arquibancadas móveis atrás dos gols, aumentando a capacidade. No entanto, Andrés Sánchez costuma dizer que o clube não investirá dinheiro próprio para receber o primeiro jogo da Copa do Mundo em 2014.

Jornal Midiamax