Geral

Comerciante de Batayporã é vítima do “golpe do cheque”

Na última quarta-feira, uma das lojas do comércio de Batayporã foi alvo de um homem acusado de aplicar golpes em empresas da região. De acordo com a vítima, o golpista foi até sua loja e comprou R$ 200 em mercadorias. Ele efetuou o pagamento com um cheque no valor de R$ 770 e recebeu R$ […]

Arquivo Publicado em 14/12/2010, às 23h33

None

Na última quarta-feira, uma das lojas do comércio de Batayporã foi alvo de um homem acusado de aplicar golpes em empresas da região. De acordo com a vítima, o golpista foi até sua loja e comprou R$ 200 em mercadorias. Ele efetuou o pagamento com um cheque no valor de R$ 770 e recebeu R$ 570 de troco.


O empresário conta que só depois foi consultar o cheque e descobriu que era fraudado. A folha utilizada no golpe é do Banco Bradesco.


De acordo o posto de atendimento do Bradesco em Batayporã, o acusado teria tentado aplicar o mesmo golpe em um supermercado e em uma loja de roupas da cidade. No entanto, sem sucesso, uma vez que as empresas consultaram o cheque antes da efetuação do pagamento.


Segundo o banco, a conta impressa na folha do cheque, que seria da Agência de Nova Andradina, não existe. Já o nome do titular e seu CPF são verdadeiros. Ele possui uma conta exclusiva para pagamentos na cidade de Chapadinha (MA).


A vítima descreveu o golpista como sendo um homem alto, branco e de aproximadamente 40 anos. Ele usava botas e um chapéu de couro no dia e deixou telefones inexistentes para contato. O acusado disse ao empresário de Batayporã que trabalhava em uma usina.

Jornal Midiamax