Geral

Com fraturas graves, idoso tenta recuperação na Santa Casa

João Severino do Nascimento, de 76 anos, ficou gravemente ferido em atropelamento na tarde de segunda-feira, dia 13, em Três Lagoas

Arquivo Publicado em 18/12/2010, às 22h33

None

João Severino do Nascimento, de 76 anos, ficou gravemente ferido em atropelamento na tarde de segunda-feira, dia 13, em Três Lagoas

João Severino do Nascimento, de 76 anos, que ficou gravemente ferido em atropelamento na tarde de segunda-feira, dia 13, em Três Lagoas, foi trazido por familiares para a Santa Casa de Campo Grande na quarta-feira, dia 15, onde está internado deste então. Ele sofreu fratura na primeira vértebra da coluna cervical e a família teme que ele perca os movimentos.

O acidente aconteceu na Avenida Clodoaldo Garcia por onde João Severino trafegava de bicicleta. Ao atravessar a avenida, próximo ao cruzamento com a Rua Dalvino Alves Mariano, foi atropelado por uma camionete S-10 de cor branca.

Segundo informações veiculadas na imprensa de Três Lagoas, após bater a cabeça no para-brisa do veículo, a vítima teria sido arremessada vários metros à frente. Com ferimentos na face e na cabeça e escoriações pelo corpo, o idoso foi encaminhado para o Hospital Auxiliadora. A avaliação médica constatou que uma das vértebras da coluna cervical apresentou lesão. A vítima também perdeu muito sangue devido ao corte na face.

Diante da gravidade da situação, a família preferiu trazê-lo para Campo Grande. A neta dele, Carla Nascimento, teme pela recuperação do avô na Capital. Ela reclama da demora no atendimento e conta que o hospital não forneceu o medicamento que o avô, que é cardíaco, toma há mais de cinco anos.

“Ele teve um período de falta de ar. Tive muito medo”, relembra Carla. Ela que não soube informar em que setor do hospital o idoso está acomodado, mas afirma que o estado de saúde dele é melhor do que quando chegou. A redação buscou contato com a assessoria de imprensa da Santa Casa, mas ainda não obteve retorno.

Jornal Midiamax