Geral

Brasil deve crescer pelo menos 7% em 2010, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse há pouco estar certo que o Brasil deve crescer a índices não inferiores a 7% em 2010. A declaração do presidente foi durante a 4ª Cúpula Brasil-União Europeia que ocorre em Brasília. Lula afirmou ainda que o país deve gerar mais de 2,5 milhões de empregos formais […]

Arquivo Publicado em 15/07/2010, às 01h42

None

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse há pouco estar certo que o Brasil deve crescer a índices não inferiores a 7% em 2010. A declaração do presidente foi durante a 4ª Cúpula Brasil-União Europeia que ocorre em Brasília. Lula afirmou ainda que o país deve gerar mais de 2,5 milhões de empregos formais até o final do ano.

“Preferimos confiar em políticas anticíclicas de fomento ao crescimento em uma regulação bancária eficaz e bancos públicos robustos e no mercado interno pujante. Isso fez a diferença. Em 2010, projetamos um crescimento da economia brasileira não inferior a 7% e a geração de 2,5 milhões de empregos formais”.

Ao lado do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, e do presidente do Conselho Europeu, Herman von Rompuy, Lula voltou a fazer críticas ao protecionismo da União Europeia na adoção de medidas que dificultam a entrada de estrangeiros nos países do bloco.

“Insistir no protecionismo e criminalizar a emigração só agrava essa situação. A porta do Brasil para responder a crise foi outra: no momento em que a crise ceifava os empregos no país não hesitamos em regularizar a situação de dezenas de milhares de imigrantes. Fomos e continuaremos a ser um país aberto e solidário àqueles que vêm procurar no Brasil trabalho digno e uma vida melhor”.

Jornal Midiamax