Geral

Avião da Gol aborta decolagem após faísca em turbina

A companhia aérea Gol informou na tarde desta quinta-feira que foi detectada uma faísca na turbina do Boeing 737-800 que faria o voo 1736, de Guarulhos (SP) para Brasília (DF), às 7h de hoje. De acordo com a assessoria da empresa, o problema foi detectado ainda em solo pelo piloto, que abortou a decolagem, e […]

Arquivo Publicado em 09/09/2010, às 22h28

None

A companhia aérea Gol informou na tarde desta quinta-feira que foi detectada uma faísca na turbina do Boeing 737-800 que faria o voo 1736, de Guarulhos (SP) para Brasília (DF), às 7h de hoje. De acordo com a assessoria da empresa, o problema foi detectado ainda em solo pelo piloto, que abortou a decolagem, e os 164 passageiros foram transferidos para outra aeronave.

Conforme a companhia, uma partícula pequena pode ter sido sugada para dentro da turbina no momento da ignição dos motores, o que pode ter provocado a faísca. A Gol descartou um princípio de incêndio.

A assessoria disse ainda que o avião passou por uma manutenção e nenhum defeito foi detectado. Na tarde de hoje, o Boeing voltou a operar voos da companhia.

Segundo nota divulgada à imprensa, os passageiros embarcaram em outra aeronave às 9h27 e chegaram a Brasília às 10h42. “A Gol lamenta que medidas como eventuais alterações nos horários de voos causem desconforto aos passageiros, mas reitera que ações como essa visam garantir a segurança operacional, item prioritário em sua política de gestão”, disse no comunicado.

Jornal Midiamax