Geral

Assediado pelo PT, Murilo representa André em evento do PAC2

Alvo de novo assédio dos petistas que querem parceria com o Democratas para as eleições deste ano, o vice-governador Murilo Zauith, presidente regional do DEM, viajou nesta manhã para Brasília onde participa do PAC 2, a segunda etapa do Plano de Aceleração dos Crescimento, principal bandeira do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, do […]

Arquivo Publicado em 29/03/2010, às 12h29

None

Alvo de novo assédio dos petistas que querem parceria com o Democratas para as eleições deste ano, o vice-governador Murilo Zauith, presidente regional do DEM, viajou nesta manhã para Brasília onde participa do PAC 2, a segunda etapa do Plano de Aceleração dos Crescimento, principal bandeira do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

O evento está marcado para às 11 horas. Murilo, conforme sua assessoria, deve retornar ao Estado por volta das 16 horas e seguir para Dourados ainda hoje.

O ex-governador Zeca do PT revelou que o interesse dos petistas pelo DEM continua. Zeca lembra que o DEM de Tocantins apoiou o PT nas últimas eleições e garantiu a eleição da senadora Kátia Abreu e, por isso, não vê empecilhos para uma virtual aliança em Mato Grosso do Sul.

Na manhã de ontem, o radialista Antonio Neres, da rádio FM 101, de Dourados, anunciou que a empresária Cecília Zauith, mulher de Murilo, teria sido convidada para ser vice na chapa do PT e que Murilo poderia ser o primeiro suplente do senador Delcídio Amaral.

Ao Midiamax, o ex-governador Zeca do PT disse que seria “uma bela composição”, afirmou que a diretora-presidente da Unigran é uma boa pessoa e “respeitadíssima” pela população como mulher e como empresária de sucesso no comando da universidade. “Eu particularmente topo Cecília e Murilo caminhando junto comigo nesta eleição”. Para o ex-governador, Murilo amplia a força eleitoral de Delcídio na região da Grande Dourados e garante a realização do sonho dos douradenses de serem representados na disputa pelo Senado.


Murilo que quer concorrer ao Senado na chapa do governador André Puccinelli (PMDB) aguarda para esta semana a indicação de suplente ligado a ele como. A atitude garantiria o comprometimento do governador com a eleição de Murilo.

(Com informações do correspondente de Dourados, Nicanor Coelho)

Jornal Midiamax