Artuzi promete “derrubar muita gente” com documentos que tem em mãos

“Aqueles que insistem em me perseguir vão cair do cavalo”. Este foi o recado dado pelo prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) aos políticos que estariam por trás de articulações contrárias
| 07/03/2010
- 01:30
Artuzi promete “derrubar muita gente” com documentos que tem em mãos

“Aqueles que insistem em me perseguir vão cair do cavalo”. Este foi o recado dado pelo prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) aos políticos que estariam por trás de articulações contrárias

“Aqueles que insistem em me perseguir vão cair do cavalo”. Este
foi o recado dado pelo prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) aos políticos
que na opinião dele estão por trás do (MPE) Ministério Publico Estadual que
decidiu ontem denunciá-lo à Justiça por suposto envolvimento na Operação
Owari.

“Isso é coisa mandada”, disse Artuzi ao afirmar que alguém está
orquestrando junto ao MPE no caso da Owari. Para o prefeito o fato de estar
sendo perseguido ocorre por que políticos considerados por ele como
“poderosos” estão desesperados por causa das articulações para a sucessão
estadual.

Artuzi disse que aqueles que lhe perseguem estão vivendo um clima
de “salve-se quem puder”. O prefeito acredita que acabaram lhe escolhendo
como bode expiatório.

Ari disse que não fez nenhuma licitação ou contrato com a família Uemura que
também tem membros denunciados pelo MPE. “Apenas paguei contratos e
licitações feitas na administração”, disse ele.

“Vou me livrar de tudo isso. Tenho fé em Deus e com ajuda do povo
a verdade será estabelecida”, disse Artuzi ao bradar que “vou derrubar muita
gente”. O prefeito disse que tem muitos documentos em mãos que são
suficientes para dar o troco para aqueles que lhe perseguem.

Últimas notícias