Geral

Após muita discussão Câmara rejeita “lei dos Bingos”

Após muitas discussões, a Câmara dos Deputados rejeitou em votação nominal a legalização dos bingos e jogos de azar no Brasil. Foram 363 votos, sendo 219 votos contra a liberação dos jogos e somente 144 à favor. Houve duas abstenções. O Projeto de Lei 2944/04 que regulamentava a exploração dos jogos de bingos no Brasil. […]

Arquivo Publicado em 14/12/2010, às 23h12

None

Após muitas discussões, a Câmara dos Deputados rejeitou em votação nominal a legalização dos bingos e jogos de azar no Brasil. Foram 363 votos, sendo 219 votos contra a liberação dos jogos e somente 144 à favor. Houve duas abstenções.

O Projeto de Lei 2944/04 que regulamentava a exploração dos jogos de bingos no Brasil. Após o resultado, alguns deputados comemoraram e gritaram “Bingo” em meio aos protestos dos que defendiam o projeto.

Os deputados tinham discutido durante a tarde sobre o projeto, quando o deputado João Dado (PDT-SP) apresentou uma subemenda para substituir o texto de sua autoria aprovado na comissão e as emendas apresentadas em plenário.

Na outra ponta, a deputada Gorete Pereira (PR-CE), pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, apresentou parecer favorável a seis das dezesseis emendas de Plenário. Em nome da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, o deputado Regis de Oliveira (PSC-SP) apresentou parecer favorável às mesmas emendas acatadas pelo deputado João Dado.

Com isso, a votação foi encerrada e os bingos continuam proibidos. Porém, há outro projeto de Lei do relator Regis de Oliveira, que pouco se diferencia do projeto atual.

Os jogos de bingo e as máquinas caça-níqueis estão proibidas no Brasil desde 2004 e de lá para cá já causou muita discussão entre deputados, donos e funcionários de bingos e muitas prisões devido aos cassinos clandestinos que funcionam no Estado e em várias partes do país.

Jornal Midiamax