Geral

Aos gritos, servidores pedem posição de presidente da Assembleia sobre reajuste

“Jerson, se manifeste! Fala agora, presidente! Cadê a base aliada?”, gritaram, em coro, os funcionários da saúde que reivindicam aumento

Arquivo Publicado em 23/03/2010, às 14h30

None

“Jerson, se manifeste! Fala agora, presidente! Cadê a base aliada?”, gritaram, em coro, os funcionários da saúde que reivindicam aumento

Aos gritos, servidores da saúde que lotam o plenário da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (23) clamam por uma posição do presidente da Casa de Leis, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB) sobre o reajuste salarial dos funcionários públicos. “Jerson, se manifeste! Fala agora, presidente! Cadê a base aliada?”, protestaram em coro os funcionários da saúde.

Antes da chegada dos parlamentares à Casa, os funcionários já estavam no local. Os seguranças e funcionários do Legislativo acompanham o protesto de longe.

Os ânimos ficaram acirrados depois que o deputado estadual Pedro Teruel (PT) usou a tribuna para defender a legitimidade da greve, que foi suspensa depois que o governo estadual acionou a Justiça e conseguiu uma liminar que obrigou os servidores do Hospital Regional a retornarem aos postos de trabalho. Foram 48 horas de paralisação na última semana.

O presidente da Casa interrompeu a fala de Teruel e recebeu os protestos dos servidores que gritaram para que Domingos se posicionasse sobre o assunto. O Midiamax acompanha a sessão.

Jornal Midiamax