Geral

A arte do século 21, no iPhone e via Facebook

Tendo recebido os primeiros traços de obras de artistas como Van Gogh, Picasso e Hemingay, o tradicional caderno chamado moleskine foi, dessa vez, a própria inspiração. Ao ver que o artista plástico Guilherme Dietrich carregava pra cima e pra baixo o caderno, Samantha Carvalho, dona da agência QueenMob, observou que o tamanho e o formato […]

Arquivo Publicado em 28/03/2010, às 19h45

None

Tendo recebido os primeiros traços de obras de artistas como Van Gogh, Picasso e Hemingay, o tradicional caderno chamado moleskine foi, dessa vez, a própria inspiração. Ao ver que o artista plástico Guilherme Dietrich carregava pra cima e pra baixo o caderno, Samantha Carvalho, dona da agência QueenMob, observou que o tamanho e o formato do moleskine se parecem muito ao do iPhone. Ela então sugeriu: “Guilherme, porque não fazer essas obras para o iPhone?”.

Assim surgiu a Follow the Queen, exposição de arte em forma de aplicativo (gratuito) para iPhone e iPod Touch que começou no dia 20 de março.

Funciona assim: você baixa o aplicativo e uma história sobre uma rainha – criada pelo poeta Diego Grando – será contada. O primeiro quadro irá surgir, mas, para ir adiante, como em Onde Está Wally?, é preciso encontrar o desenho de uma rainha e colocar o dedo sobre ele.

“Foi necessário incluir isso, senão seria apenas mais um wallpaper fixo. É necessário que a obra em celular crie uma experiência interativa para o usuário”. A exposição irá até o ano que vem, quando será substituída pela Follow the Queen 2 ou por outro evento – também para iPhone, garante Samantha.

Jornal Midiamax