Geral

Violência: Caminhoneiros têm medo de trabalhar

A onda de assaltos que assola as estradas de Mato Grosso do Sul está assustando os motoristas. Só este ano, pelo menos sessenta motoristas foram assassinados nas estradas. Os ladrões levaram mais de um milhão de reais em cargas. Com a falta de segurança, muitos motoristas andam em comboio e só param em postos conhecidos. […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A onda de assaltos que assola as estradas de Mato Grosso do Sul está assustando os motoristas. Só este ano, pelo menos sessenta motoristas foram assassinados nas estradas. Os ladrões levaram mais de um milhão de reais em cargas. Com a falta de segurança, muitos motoristas andam em comboio e só param em postos conhecidos.

Para protestar contra esta situação, alguns caminhoneiros interditam, desde às quatro horas da manhã de hoje, a BR-267, próximo a Maracaju, a 143 quilômetros de Campo Grande. O protesto faz parte da mobilização nacional da categoria, que começou no início da madrugada de ontem.

A Polícia Rodoviária Federal monitora o movimento dos motoristas no local do bloqueio. Agora há pouco, os caminhoneiros liberaram o trânsito apenas de carros de passeio na rodovia.

Jornal Midiamax