Geral

Tráfico de cocaína já se mede em tonelada no MS

Estatísticas mostram ainda a apreensão de 228,9 toneladas de maconha desde o ano 2000

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Estatísticas mostram ainda a apreensão de 228,9 toneladas de maconha desde o ano 2000

Os números são os seguintes: de janeiro de 2000 até sábado passado, a Polícia Federal apreendeu em Mato Grosso do Sul 3,28 toneladas de cocaína e 228,9 toneladas de maconha, além de uma frota de 579 veículos, oito aviões, US$ 53,8 mil, 173 armas e cerca de R$ 450 mil.

Ano passado, a polícia apreendeu 1,7 tonelada de cocaína. As apreensões em 2000 tinham ficado em 677,8 quilos. Já de janeiro ao dia 25 deste mês, foram 905,6 quilos, ou seja, até dezembro o volume pego com traficantes deverá passar de uma tonelada.

A droga retirada de circulação é apenas uma parte do total que entra pelo Estado, na fronteira com Paraguai e Bolívia, para grandes centros consumidores no Brasil. Mato Grosso do Sul está mergulhado no tráfico, que envolve até policiais e atrai chefes do crime, como Fernandinho Beira-Mar, cujas ramificações continuam na ativa, apesar da prisão do líder.

Estas estatísticas da Polícia Federal mostram que a força-tarefa, anunciada semana passada pelo Ministério da Justiça, terá muito trabalho no combate ao crime organizado em Mato Grosso do Sul. Em pouco menos de cinco meses, neste ano, foram apreendidos, além dos 905,6 quilos de cocaína, 24,4 toneladas de maconha.

Jornal Midiamax