Geral

Servidores Penitenciários conquistam sua valorização no Estado

Com a aprovação do projeto da Lei Orgânica dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso do Sul, os agentes iniciam uma nova fase de valorização do funcionalismo no Estado. De acordo com presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Wilson José da Costa, o dia foi marcado por mudanças que beneficiarão toda a classe. Wilson ressaltou que […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Com a aprovação do projeto da Lei Orgânica dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso do Sul, os agentes iniciam uma nova fase de valorização do funcionalismo no Estado. De acordo com presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Wilson José da Costa, o dia foi marcado por mudanças que beneficiarão toda a classe.

Wilson ressaltou que o governador e os deputados iniciaram um processo de organização e valorização da classe e da própria Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). “Em todo Mato Grosso do Sul, o projeto vai beneficiar aproximadamente 1200 servidores, isto mostra a sua importância”, disse.

O sindicato destacou o empenho da categoria, que não mediu esforços para acompanhar a votação. “As pessoas se deslocaram de vários municípios do interior para ajudar na aprovação do projeto”, comentou.

ACORDO – Um acordo entre lideranças da categoria dos agentes penitenciários, governo e deputados, firmado em uma reunião realizada pela manhã, no gabinete da presidência na Assembléia, garantiu a aprovação do projeto nº115/02 – PCC (Plano de Cargos e Carreiras) da categoria. As modificações sugeridas durante o encontro se referiram a um único item, que trata das gratificações e cargos em comissão destes servidores.

“Apesar de alguns impasses e dúvidas, o projeto foi aprovado e o bom senso de todos superou os obstáculos apresentados”, concluiu Wilson.

Jornal Midiamax