Geral

Sanesul inicia em Dourados projeto médico contra dependência

A coordenadoria do programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, ligada à Gerência de Recursos Humanos da Sanesul, inicia na próxima terça-feira, em Dourados, e no dia 21, em Ponta Porã, o projeto Dependência Química, sob a coordenação do Dr. José Roberto Amin – Médico do Trabalho, com o objetivo de conscientizar os funcionários e […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A coordenadoria do programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, ligada à Gerência de Recursos Humanos da Sanesul, inicia na próxima terça-feira, em Dourados, e no dia 21, em Ponta Porã, o projeto Dependência Química, sob a coordenação do Dr. José Roberto Amin – Médico do Trabalho, com o objetivo de conscientizar os funcionários e seus familiares sobre a importância da prevenção da dependência química e suas conseqüências.

O projeto será desenvolvido até dezembro deste ano, em todo o Estado, abrangendo as 10 maiores cidades pólos. Para as demais localidades, será elaborado um cronograma, de acordo com a disponibilidade da equipe, priorizando também as necessidades das Unidades Gestoras.

Segundo Amin, o abuso de bebidas alcoólicas e uso de drogas são atualmente um dos problemas mais sérios nas empresas. Alguns dos efeitos negativos desta situação no processo de trabalho são a queda da produtividade, alta taxa de acidentes e absenteísmo, diminuição da qualidade, aumento na incidência de furto e roubos, danos de equipamentos, atrasos constantes e problemas de inter-relacionamento.

O objetivo da Sanesul, segundo o doutor Amin, é possibilitar aos empregados a oportunidade de prevenção, tratamento e recuperação da dependência química, ou seja, o abuso de bebidas alcoólicas e uso de drogas ilícitas no ambiente de trabalho.

Jornal Midiamax