Geral

Ratinho confessou que executou Tim Lopes

O traficante Renato de Souza Paula, 31 anos, o Ratinho, em depoimento informal a agentes do Serviço Reservado do 20 º BPM (Mesquita), ontem à noite, confessou que executou o jornalista Tim Lopes com um tiro de misericórdia depois das torturas. Ratinho afirmou que estava com Elias Maluco quando o repórter da TV Globo foi […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O traficante Renato de Souza Paula, 31 anos, o Ratinho, em depoimento informal a agentes do Serviço Reservado do 20 º BPM (Mesquita), ontem à noite, confessou que executou o jornalista Tim Lopes com um tiro de misericórdia depois das torturas.

Ratinho afirmou que estava com Elias Maluco quando o repórter da TV Globo foi capturado, na Vila Cruzeiro, na Penha. Integrantes do bando ligaram avisando que estavam com um homem que se dizia jornalista. Elias Maluco ordenou que o jornalista fosse levado a seu encontro.

Como o jornalista tinha filmado Ratinho na reportagem “Feirão das drogas”, na vizinha Favela da Grota, foi reconhecido pelo traficante. Depois de torturar o jornalista, Elias Maluco permitiu que Ratinho desse o tiro de misericórdia na cabeça de Tim Lopes.

Aos policiais, Ratinho disse ainda que tinha ódio do repórter, e com muitos palavrões, afirmou que, se pudesse, o mataria de novo. O traficante ainda está preso na carceragem da Polinter, na Zona Portuária, e deve ser transferido ainda essa manhã para o presídio de segurança máxima Bangu 1.

Jornal Midiamax