Geral

MS representa o país em projeto do MEC

Professores, pais, estudantes e funcionários administrativos de três escolas municipais de Campo Grande e de duas escolas estaduais, uma de Dourados e outra de Ponta Porã, estarão participando durante toda a semana de uma intensa programação do projeto “Educar na diversidade nos países do Mercosul”. Mato Grosso do Sul representa o Brasil neste projeto piloto, […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Professores, pais, estudantes e funcionários administrativos de três escolas municipais de Campo Grande e de duas escolas estaduais, uma de Dourados e outra de Ponta Porã, estarão participando durante toda a semana de uma intensa programação do projeto “Educar na diversidade nos países do Mercosul”.

Mato Grosso do Sul representa o Brasil neste projeto piloto, criado pelo Ministério da Educação (MEC)com apoio da Unesco. O objetivo é construir práticas que incluam toda a comunidade da região onde a escola está localizada. A programação foi aberta hoje de manhã, no Novotel.

Segundo Marilene Ribeiro dos Santos, secretária de Educação Especial do Ministério da Educação, Mato Grosso do Sul foi escolhido por apresentar uma grande diversidade étnica e cultural. “Aqui, contempla-se a influência dos índios e de uma extensa fronteira com Paraguai e Bolívia. Além disso, nossas parcerias tanto com o Estado quanto com o município têm alcançado resultados excelentes”, justificou a secretária do MEC.

Como representantes da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande participam as escolas Coronel Antonino, Eduardo Olympio Machado e Bernardo Franco Baís. “Escolhemos estas escolas por representarem realidades bem distintas, uma localizada na periferia, outra na região Norte e a terceira da região do centro”, informou a secretária Maria Nilene Badeca da Costa.

De Dourados participa a Escola Estadual Adê Marques e de Ponta Porã a Escola Estadual Vilmar V. de Matos. Os trabalhos que estão sendo criados por estes estabelecimentos servirão de modelo para outros estados e para os países do Mercosul.

Jornal Midiamax