Geral

Marun diz que reunião de FHC deveria servir de exemplo para MS

O candidato ao governo do Estado pela coligação “Frente Ampla”, Carlos Marun (PTB), avaliou há pouco como positiva a reunião entre o presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e os principais candidatos ao Palácio do Planalto. Em sua opinião, o candidato do governo, José Serra, não usará o encontro em seu benefício durante a campanha. “Esse […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O candidato ao governo do Estado pela coligação “Frente Ampla”, Carlos Marun (PTB), avaliou há pouco como positiva a reunião entre o presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e os principais candidatos ao Palácio do Planalto. Em sua opinião, o candidato do governo, José Serra, não usará o encontro em seu benefício durante a campanha.

“Esse é um momento de diálogo. A conversa é importante para que o próximo presidente entenda todo o processo e pegue a casa mais arrumada”, avaliou.

Já em Mato Grosso do Sul, disse Marun, “a coisa é bem diferente, porquê não há diálogo. Primeiro era o Pedro Pedrossian falando mal do Wilson Barbosa Martins. Agora é o Zeca do PT falando do Wilson durante os quatro anos de administração. Eu não perco tempo com isso”, atacou o candidato, que fez questão de ressaltar que “não se furtaria” se recebesse um convite do governador Zeca do PT para solucionar algumas dúvidas e “receber algumas instruções de alguém que tem mais experiência no cargo”.

Jornal Midiamax