Geral

Kohl: “Uso da máquina também é uma forma de comprar o voto”

O vice-governador e candidato ao governo do Estado pela coligação Frente Trabalhista, Moacir Kohl (PDT), disse há pouco, em contato com a Redação do MidiaMaxNews, que o uso da máquina estadual para induzir o eleitor ao voto deve ser considerada também como compra de votos: “É preciso que o eleitor esteja atento, e que não […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O vice-governador e candidato ao governo do Estado pela coligação Frente Trabalhista, Moacir Kohl (PDT), disse há pouco, em contato com a Redação do MidiaMaxNews, que o uso da máquina estadual para induzir o eleitor ao voto deve ser considerada também como compra de votos: “É preciso que o eleitor esteja atento, e que não tenha medo de denunciar as manobras que visam induzir o seu voto através de manipulações da máquina estatal. O eleitor pode fazer a denúncia a OAB ou ao TSE. Não venda seu voto”, alertou.

Jornal Midiamax