Geral

Imprensa Internacional indignada com a vitória da Seleção

O jogo do Brasil contra a Turquia foi motivo de polêmica e críticas por parte da mídia internacional e de personalidades do futebol. Entre as diferentes análises táticas da partida, uma unanimidade: críticas à falha do juiz sul-coreano Young Joo Kim, que marcou pênalti para o Brasil em uma falta que aconteceu fora da área. […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O jogo do Brasil contra a Turquia foi motivo de polêmica e críticas por parte da mídia internacional e de personalidades do futebol. Entre as diferentes análises táticas da partida, uma unanimidade: críticas à falha do juiz sul-coreano Young Joo Kim, que marcou pênalti para o Brasil em uma falta que aconteceu fora da área.

Era para o jogo ter terminado empatado mas nos últimos minutos o juiz favoreceu a seleção brasileira com um pênalti, que foi cobrado por Rivaldo. O Brasil venceu a Turquia por 2 a 1. O técnico da Turquia, Senol Gunes, considerou o pênalti e a vitória brasileira injusta.

A imprensa argentina aproveitou e fez duras críticas a nossa equipe. O jornal ‘Ambito Financiero’ afirmou que a vitória brasileira só venceu graças às deficiências da arbitragem, mas reconheceu que o Brasil mostrou superioridade no ataque, apesar da deficiência na defesa. O site argentino ‘Olé’ destacou: ‘Brasil, com um presentinho, vence da Turquia por 2 a 1’. E afirmou que nossa equipe estava cheia de angústia e dúvidas, que jogou mal e não fez a diferença no jogo.

A imprensa européia também criticou a arbitragem do jogo. O jornal espanhol ‘Marca’ afirmou que o juiz presenteou o Brasil com três pontos. O site da emissora britânica BBC ressaltou o erro de Kim Young e elogiou a atuação dos turcos contra o Brasil. Com informações da Agência Globo.

Jornal Midiamax