Geral

IBGE: desemprego aberto se mantém estável entre junho e julho

A taxa média de desemprego aberto do mês de julho, para as seis regiões metropolitanas envolvidas na Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, ficou em 7,5%, mantendo-se estável em relação a junho, que registrou iguais 7,5%. Ainda assim, a taxa é a maior para os meses de julho desde 1998, quando o desemprego aberto registrou […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A taxa média de desemprego aberto do mês de julho, para as seis regiões metropolitanas envolvidas na Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, ficou em 7,5%, mantendo-se estável em relação a junho, que registrou iguais 7,5%. Ainda assim, a taxa é a maior para os meses de julho desde 1998, quando o desemprego aberto registrou 8%.

Em julho do ano passado a taxa média havia ficado em 6,2%. Livre das influências sazonais, a taxa de desemprego aberto (7,4%) também
não se alterou significativamente em relação à de junho deste ano (7,2%).

Segundo o IBGE, o número de pessoas desocupadas e procurando trabalho não apresentou variação significativa (1,4%) de junho para julho deste ano, o que pode ser comprovado pela manutenção do tempo médio de procura de trabalho: Em julho deste ano leva-se em média 24,2 semanas, praticamente igual às 24,4 do mês anterior. É, no entanto, um tempo médio superior ao de julho do ano passado: 21,9 semanas.

Jornal Midiamax