Geral

CCZ recolhe 120 animais por dia com suspeita de leishmaniose

O CCZ Centro de Controle de Zoonozes de Campo Grande ganhou hoje mais uma viatura (carrocinha) para o recolhimento de animais com suspeita de leishmaniose. Agora são três veículos exclusivos para o serviço. De acordo com Francisco de Carvalho, diretor do CCZ, são recolhidos por dia na capital cerca de 120 animais com suspeita da […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O CCZ Centro de Controle de Zoonozes de Campo Grande ganhou hoje mais uma viatura (carrocinha) para o recolhimento de animais com suspeita de leishmaniose. Agora são três veículos exclusivos para o serviço. De acordo com Francisco de Carvalho, diretor do CCZ, são recolhidos por dia na capital cerca de 120 animais com suspeita da doença. Na segunda-feira, outra viatura estará à disposição do centro para reforçar o serviço.

Mesmo com as três viaturas o CCZ tem dificuldade de atender todos os pedidos de recolhimento. “Pedimos à população que tragam os animais com suspeita da doença até o centro” disse o diretor. O cachorro é o principal transmissor da leishmaniose. O CCZ fica na Avenida Filinto Müler logo depois do Lago do Amor e funciona todos os dias, inclusive aos sábados e domingos, das 7h às 23 horas.

Jornal Midiamax