O São Paulo colocou fim à série de quatro jogos sem vitória que vivia na temporada ao bater a Inter de Limeira por 2 a 0 nesta quarta-feira, no Estádio Mané Garrincha, em (DF). A partida da quinta rodada do Paulistão, disputada de forma atrasada por causa da Supercopa do Brasil vencida pelos são-paulinos ante o , também foi de suma importância para o Corinthians, que dependia de um triunfo dos rivais para continuar com chances de classificação à próxima fase.

Uma das principais atrações da partida, disputada no Distrito Federal porque a Inter vendeu o mando, foi o retorno de James Rodríguez, que chegou a pedir para sair do clube, mas mudou de ideia, foi inscrito no Estadual e entrou no segundo tempo, com a gol nos acréscimos do segundo tempo. O colômbia deu, inclusive, assistência para o gol de Luciano, o segundo do São Paulo. O primeiro foi anotado por Ferreirinha.

O resultado deixa a equipe comandada pelo técnico Thiago Carpini na liderança do Grupo D, com os mesmos 18 pontos do vice-líder Novorizontino, mas em vantagem no saldo de gols (6 a 4). A Inter de Limeira fica com 14 pontos no Grupo C, em terceiro lugar, o que mantém o Corinthians, quarto, com 10, vivo na briga pela classificação.

Carpini chegou a Limeira precisando reencontrar a própria confiança para transmitir tal sentimento ao elenco. A série sem vitórias foi marcada pela falta de convicção do treinador frente ao que pretende ter como ideia de jogo, já que dedicou-se a testes e experimentos de pouco sucesso. Desta vez, tinha a nova opção de escalar James Rodríguez como titular, mas optou por ter Lucas como meio-campista mais centralizado próximo ao .

Mal deu para avaliar o resultado das escolhas do treinador e são-paulinos já estavam levando um susto, pois a Inter de Limeira acertou a bola na trave antes dos primeiros cinco minutos, em finalização de Lautaro. O São Paulo não permitiu que o time do interior voltasse a criar uma oportunidade tão boa quanto esta, mas houve momentos em que esteve pior em campo e sofreu sustos, caso de uma bomba de Quirino defendida por Rafael

De forma geral, a equipe de Carpini não conseguiu transformar a vantagem que tinha de posse de bola em domínio ofensivo. Embora tenha encontrado espaços e chutado a gol, passou mais tempo enroscado nas linhas de marcação do adversário, muito em razão do espaçamento entre os seus jogadores. Chutes de fora e bolas infrutíferas lançadas à área eram os principais recursos dos tricolores, que pareciam depositar muita fé em um eventual erro da Inter.

Quando o erro veio numa saída de bola e Wellington Rato ficou cara a cara com o gol, a finalização foi para fora. Foi só nos acréscimos, em uma das raras jogadas de aproximação que a rede foi balançada. O lance se deu com Ferreirinha partindo da direita para a entrada da área, de onde acionou Lucas para a tabelinha. Ao receber de volta, driblou o goleiro e marcou seu primeiro gol com o camisa tricolor.

O gol fez bem a Ferrerinha, que tornou-se o catalisador do ataque são-paulino no segundo tempo. Confiante, carregava a bola furando a defesa e a soltava na hora certa, seja para finalizar com perigo ou ocasionar boas situações ofensivas. O entrosamento com Calleri potencializou as investidas do ponta esquerda. A aproximação que faltou no primeiro tempo foi vista de sobra na etapa final. Toques curtos perto da área, com a participação também de Lucas, renderam bons momentos.

Os protagonista Ferreira deixou o time antes da primeira metade do segundo tempo, junto de Lucas e Wellington Rato. As entradas foram de James Rodríguez, Michel Araújo e Luciano. Embora os nomes que deixaram em campo estivessem bem, os que entraram vieram para acrescentar. Foi um chute de fora da área de Luciano, após receber a bola de James, que colocou o segundo gol tricolor no placar do Mané Garrincha. James teve bons momentos e quase fez um belo gol, mas balançou a rede em um lance de oportunismo, aos 49 minutos, ao aproveitar uma sobra.

FICHA TÉCNICA:

INTER DE LIMEIRA 0 X 3 SÃO PAULO

INTER DE LIMEIRA – Max Walef; Felipe Albuquerque (JP Galvão), Diego Jussani, Maurício e César Morais; Emerson Santos, Lucas Buchecha (Kauê) e Gustavo Buchecha; Éverton Brito (Albano), Andrew (Gabriel Silva) e Qurino (Rafael Silva). Técnico: Júnior Rocha.

SÃO PAULO – Rafael; Igor Vinícius, Ferraresi (Diego Costa), Arboleda e Welington (Patryck); Pablo Maia, Alisson, Wellington Rato (Luciano) e Lucas (James Rodríguez); Calleri e Ferreira (Michel Araújo). Técnico: Thiago Carpini.

GOLS – Ferreira, aos 47 minutos do primeiro tempo. Luciano, aos 35, e James Rodríguez, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Diego Jussani, JP Galvão, Calleri e Alisson.

ÁRBITRO – Fabiano Monteiro dos Santos.

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Mané Garrincha, em Brasília (DF).