Yuri Alberto passou por um jejum de gols incômodo no Corinthians neste começo de ano. Mas desencantou e já tem 4 bolas nas redes adversárias no Paulistão, atrás apenas do companheiro e artilheiro Róger Guedes, com 8.

Confiante em erguer o troféu com a equipe na competição, o atacante abriu o coração, fez juras de amor ao clube, revelou que sonha em disputar uma Copa do Mundo e também em jogar da .

Aos 21 anos, o centroavante ainda não tem nenhum título conquistado em solo nacional –ganhou somente o Campeonato Russo com o Zenit– e acredita que 2023 será o ano da volta por cima. Com Ronaldo Fenômeno como grande referência e utilizando o pai, que também foi jogador, de inspiração, ele mostra confiança para sucesso do já no estadual. O time recebe o Ituano, domingo (12), pelas quartas de final.

“Creio em ganhar muitos títulos no Corinthians. Vou dar a minha vida. Paulista é um grande passo, no início da temporada”, disse, em entrevista à Players’ Tribune.

“Acho que a gente tem de almejar grandes coisas e creio que o primeiro no Corinthians vai ser o Paulista. E acho que a gente vai chegar na Copa do Brasil de novo [perdeu a taça nos pênaltis para o Flamengo em 2022]”.

Yuri Alberto disse já ter sido ‘subestimado’

Apesar da pouca idade, o atacante se mostra para defender bem a camisa corintiana e não se deixar levar pelas críticas. “Já passei por várias coisas na minha carreira. Fui subestimado, as pessoas não botavam muita fé. Mas nunca trabalhei em cima disso para mostrar para os outros, sempre quis fazer o meu independentemente do que os outros iam pensar. E graças a Deus estou com a cabeça bem blindada”.

Atuar no clube paulista, porém, não foi a primeira opção do jogador. Mas a escolha certa em sua visão.

“A ideia era voltar para o Inter, mas pensando em minha família, surgiu a proposta do Corinthians. Foi um início difícil, nove jogos sem marcar. Você vê um corintiano na rua, ele é fanático. E falei que meu primeiro gol ia para a torcida. Estávamos perdendo a série por 2 a 0 [quartas da Copa do Brasil contra e Atlético-GO, também em 2022] e pude abrir caminho e ajudar na virada. Foi meu primeiro hat-trick e fui lá abraçá-los. Que emoção”, lembrou.

“A melhor coisa que aconteceu na minha vida foi o nascimento da minha filha e na carreira, vir para o Corinthians”.

Atacante quer vaga na Seleção Brasileira e sonha com a Liga dos Campeões

Além do Corinthians, Yuri Alberto ainda falou sobre os planos para a carreira. E as metas são ousadas. “O que quero para meu futuro, assim né, lógico que é sonho de todo jogador brasileiro, mas é o meu principal, jogar uma Copa do Mundo pelo meu Brasil, defender meu país, minha seleção. E um sonho que tenho também, que tenho tatuado é disputar a Liga dos Campeões, o principal campeonato do mundo”, afirmou.

Ele não revela por qual clube deseja realizar esta segunda meta, mas dá uma pista ao falar sobre com quem gostaria de atuar novamente: “Gostaria de jogar com Rodrygo Góes mais uma vez”, enfatizou, lembrando do parceiro do Santos e que hoje está no Real Madrid.

Saiba Mais