Após a derrota do Palmeiras em clássico contra o São Paulo pela Copa do Brasil, na última quinta-feira, dia 13, parte da torcida alviverde direcionou a frustração à presidente Leila Pereira e demais membros da diretoria do clube.

Na manhã deste sábado, dia 15, os muros do Allianz Parque amanheceram pichados com dizeres de protestos contra Leila, Anderson Barros, o diretor de futebol alviverde, e a diretoria do clube. “Cadê o dinheiro dos títulos? Ingresso popular? Barros inútil. Leila estelionatária”, questionavam as pichações.

O protesto também ocorreu em frente ao clube social do Palmeiras Um carro de som anunciava as contradições de Leila Pereira, destacando as declarações dadas por ela antes de assumir a presidência do clube e comparando-as com as falas de agora.

Do outro lado da rua, em cima da loja da Mancha Verde, uma faixa foi estendida cobrando reforços. “Cadê as contratações?”, questionava. O próximo jogo do Palmeiras é contra o Internacional neste domingo, dia 16, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Brasileirão, a equipe ocupa a sexta posição.