O mundo do futebol brasileiro está intrigado com os recentes que apontam o ex-treinador da seleção brasileira, Tite, como o próximo a assumir o comando técnico do Flamengo. Essa notícia, que surgiu como uma especulação após a demissão do argentino Jorge Sampaoli, ganha cada vez mais força, e os torcedores rubro-negros já começam a vislumbrar uma nova era para o clube.

Tite atingiu seu ápice na carreira em 2012, após ganhar a Libertadores e o Mundial de Clubes comandando a equipe do Corinthians. Pelo clube paulista, o treinador também foi duas vezes campeão brasileiro e uma vez campeão estadual, além de conquistar uma Recopa sul-americana. Em 2016, depois de tanto sucesso no Timão, o treinador assumiu a seleção brasileira e teve um retrospecto muito bom, com 60 vitórias em 81 jogos, além de 15 empates e apenas 6 derrotas. Apesar do ótimo aproveitamento, o treinador foi muito criticado nas duas eliminações mais recentes do Brasil na , em 2018 e 2022. Substituições controversas e insistência com alguns jogadores foram as principais do povo brasileiro.

O plano do treinador era assumir um time europeu após a Copa do Mundo de 2022, mas, aparentemente, as coisas não aconteceram da forma como ele esperava. A barreira linguística e o histórico de treinadores brasileiros na Europa, ou a falta dele, podem ter sido alguns dos motivos para que não tenham ocorrido tantas sondagens. Sem conseguir um time europeu, o treinador deve receber uma chance de treinar a equipe com o maior poderio financeiro do Brasil e, possivelmente, conquistar mais títulos para sua vasta galeria.