Dois jogadores expulsos e a baixa de um dos seus principais jogadores. Foi nesta situação que a empatou com a Fiorentina, por 1 a 1, neste domingo, no estádio Olímpico, em rodada do Campeonato Italiano. O time do técnico José Mourinho saiu na frente, cedeu o empate após a primeira expulsão e acabou deixando o gramado aliviado depois do cartão vermelho dado a Lukaku.

O resultado deixou a Roma com 25 pontos, na quarta colocação da tabela, a quatro do Milan. A Inter de Milão lidera com 38. Já a Fiorentina figura na sétima posição, com 24 pontos.

Apesar de enfrentar rival que buscava se aproximar das primeiras colocações, a Roma não teve maiores dificuldades no início da partida. O time de Mourinho rapidamente controlou o jogo e abriu o placar logo aos cinco minutos. Em rápida troca de passes pela direita, Dybala levantou na cabeça de Lukaku, que não desperdiçou.

O gol confirmou o domínio precoce da Roma, que viu a Fiorentina atuar mais recuada, à espera de um contra-ataque fulminante, que não veio nos primeiros 45 minutos. A equipe visitante contava com o volante brasileiro Arthur, ex-Grêmio e Barcelona, com atuação discreta.

A Roma, porém, sofreu seu primeiro revés no confronto poucos minutos depois do gol. Dybala, responsável pela assistência do único gol da partida até então, pediu para ser substituído por causa de dores musculares. O argentino vinha sendo a referência da equipe no duelo.

A segunda etapa, contudo, contou com uma reviravolta na partida. Tudo mudou em apenas dois minutos. Aos 18, Zalewski fez falta dura em M’Bala Nzola e, como já tinha cartão amarelo, foi excluído da partida. Deixou a Roma com 10 jogadores em campo.

Apenas dois minutos depois, a Fiorentina buscou o empate. Após cruzamento na área, Martínez cabeceou de costas para o gol e surpreendeu o goleiro português Rui Patrício: 1 a 1.

A expulsão deixou o duelo mais equilibrado. A Fiorentina, contudo, continua a mostrar fragilidades no ataque. Mesmo com um a menos, a Roma se defendia bem. O time de Florença tinha dificuldades para se impor em campo até mesmo quando passou a ter dois jogadores a mais em campo.

Isso porque, aos 41, a Roma perdeu outro atleta na partida. O atacante Lukaku fez falta violenta, num carrinho exagerado, e foi expulso de campo direto. Na base do sacrifício, a Roma sustentou o empate até o apito final.

Mais cedo, o Bologna se aproximou dos primeiros colocados ao vencer o lanterna Salernitana por 2 a 1, fora de casa. Zirkzee marcou os dois gols da equipe visitante. O Bologna chegou aos mesmos 25 pontos da Roma, mas ocupando o quinto lugar da tabela. O Salernitana continua em último lugar, com oito pontos.

Em outras partidas do dia, Frosinone e Torino empataram sem gols numa disputa para subir para a metade superior da tabela. Em casa, o Monza superou o Genoa por 1 a 0, com gol do atacante português Dany Mota. O time anfitrião figura em nono lugar na classificação, com 21 pontos.

Saiba Mais